Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

domingo, 22 de setembro de 2013

Os 12 atributos maiores do líder de louvor

Há momentos difíceis nos grupos de louvor da igreja. Às vezes parece que vai tudo se acabar, que seremos decepcionados e que não temos chamada para aquilo. Se Deus nos chamou Ele se responsabiliza, mas deve sempre partir de nós a motivação própria e a incansável busca em saber liderar bem.

Por isso tentamos resumir aqui tudo o que você precisa para ser um líder eficaz. Mostraremos coisas simples, objetivas que fornece conselhos úteis para todos nós que desejamos vencer, alcançar o sucesso pessoal, profissional e até mesmo sucesso no nosso grupo de louvor.

Por:  Luiz Almeida Marins Filho, Ph.D. – Anthropos Consulting
Adaptação: Asafe Mus/Portal do Louvor

1. Disposição para tentar o que não foi tentado antes

Nenhum componente de grupo deseja ser guiado por um líder a quem falte coragem e autoconfiança. É o estilo de liderança positiva aquele que ousa nas tarefas e se vale de oportunidade não tentadas anteriormente.
Um líder de louvor bem sucedido agirá mesmo com um período difícil ou que seus componentes, músicos e a própria direção estiverem sob o efeito do desânimo.  Tal líder sabe que se arrisca a tornar-se impopular. Contudo, ao liderar pelo exemplo, manterá a motivação da equipe.

2. Auto motivação

O líder de louvor que não consegue se auto-motivar não tem a menor chance de ser capaz de motivar os outros.

3. Uma percepção aguda do que é justo

Esta é uma grande qualidade de um líder eficaz e a fim de ter o respeito do grupo, o líder deve ser sensível ao que é direito e justo. O estilo de liderança segundo o qual todos são tratados de forma justa e igual sempre cria uma sensação de segurança. Isso é extremamente construtivo e um grande fator de nivelamento.

4. Planos definidos

O líder motivado sempre tem objetivos claros e definidos e planejou a realização de seus objetivos. Ele planeja o trabalho e depois trabalha o seu plano coma participação de seus subordinados. Simples ideias de como cantar, colocar mais músicas novas no repertório, trazer uma pessoa apta para falar sobre voz, tecnicas, etc., são exemplos de planos e que deixa uma sensação de segurança para todos os componentes do grupo

5. Perseverança nas decisões

líder de louvor que vacila no processo decisório mostra que não está certo de si mesmo, ao passo que um líder eficaz decide depois de ter feito suficientes considerações preliminares sobre o problema. Ele considera mesmo a possibilidade de a decisão que está sendo tomada vir a se revelar errada.
Muitas pessoas que tomam decisões erram algumas vezes. Entretanto, isto não diminui o respeito que os seguidores têm por elas. Sejamos realistas: um líder pode tomar decisões certas, mas um líder eficaz decide e mostra sua convicção e crença na decisão ao manter-se fiel a ela, sabendo, no entanto, reconhecer quando erra. Assim, seu pessoal tem força para sustentar aquela decisão junto com o líder.

6. O Hábito de fazer mais do que aquilo que lhe foi imposto

Um dos ônus da liderança é a disposição para fazer mais do que é exigido do pessoal. O líder que chega sempre antes dos componentes dos componentes nos ensaios ou nas apresentações e que deixa o ambiente depois deles é um exemplo deste atributo de liderança. Não adianta cobrar de seus liderados se você mesmo não cumpre o a sua função como deveria. Quando for fazer, faça sempre mais do que é preciso ser feito.

7. Uma personalidade positiva

As pessoas respeitam tal qualidade. Ela inspira confiança e também constrói e mantém uma equipe com entusiasmo.

8. Empatia

O líder de sucesso deve possuir a capacidade de colocar-se no lugar de seu pessoal, de ser capaz de ver o mundo pelo lado das outras pessoas. Ele não precisa concordar com essa visão, mas deve ser capaz de entender como as pessoas se sentem e compreender seus pontos de vista.

9. Domínio dos detalhes

O líder bem sucedido entende e executa cada detalhe do seu trabalho e, é evidente, dispõe de conhecimento e habilidade para dominar as responsabilidades inerentes à sua posição.

10. Disposição para assumir plena responsabilidade

Outros ônus da liderança é assumir responsabilidade pelos erros de seus seguidores. Caso um subalterno cometa um erro, talvez por incompetência, o líder deve considerar que foi ele quem falhou. Se o líder tentar mudar a direção dessa responsabilidade, não continuará liderando e dará insegurança a seus seguidores. O clichê do líder é: “A responsabilidade é minha“.

11. Duplicação

O líder de sucesso está sempre procurando maneiras de espelhar suas habilidades em outras pessoas. Dessa forma ele faz os outros evoluírem e é capaz de “estar em muitos lugares diferentes ao mesmo tempo”.
Talvez este seja um dos maiores atributos de um líder: ser capaz de desenvolver outros lideres. Pode-se julgar um líder pelo número de pessoas em que ele refletiu os seus talentos e fez evoluir. Sabemos que nem sempre é possível, mas um maestro de um coral, por exemplo, deve fazer força para criar substitutos. Até mesmo deve motivar aos seus músicos criar novos instrumentistas.

12. Uma profunda crença em seus princípios

A expressão “A menos que batalhemos por alguma causa, nos deixaremos levar por qualquer causa” resume bem a importância de ter-se uma causa pela qual valha a pena viver e trabalhar. Nada cuja aquisição tenha valor é muito fácil. Trabalhe no seu grupo de louvor como uma forma de agradecer a Deus pela sua salvação. Cada esforço será compensado por Deus.
 O líder de sucesso tem a determinação de atingir objetivos não importando os obstáculos que surjam pelo caminho. Ele acredita no que está fazendo com a determinação de batalhar por sua realização.  Mantenha-se em Perseverança, santidade e Amor.
Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. I Co 15:58
Minha sugestão é a de que você leia uma, duas ou três vezes cada um desses atributos e medite cada um deles à luz de sua própria realidade como um profissional que tem a função de gerenciar, comandar, liderar pessoas. Detenha-se sobre cada um dos atributos e dê a você mesmo uma nota de zero a 10 em cada um deles, fazendo um propósito de auto–aperfeiçoamento. Repita essa auto-avaliação semanalmente.